51 3483 1342    mitra.operario@hotmail.com

A Missa de Ação de Graças, presidida pelo Padre Gustavo Haupenthal, foi celebrada no dia 31 de dezembro, às 20h30min na Igreja Matriz da Paróquia.

 

Ao final da Santa Missa, foi lida a mensagem transcrita abaixo:

 

Em 2013 vivemos um ano muito intenso, com muitas surpresas boas e ruins. Podemos relembrar um pouco esses fatos: nos primeiros dias do ano o ocorrido na Boate Kiss em Santa Maria, logo em seguida, em fevereiro o Papa Emérito Bento XVI nos surpreendeu com sua renúncia, em março acolhemos a Santidade Papa Francisco que contagiou a todos com sua humildade e simplicidade a serviço da Igreja. Por volta de junho a população foi às ruas defender os seus direitos. Em julho o Brasil recebeu milhões de jovens e o Santo Papa na Jornada Mundial da Juventude. No nosso meio social neste ano tivemos o julgamento do mensalão, condenando a prisão muito dos envolvidos. Nossa arquidiocese foi abençoada com o anúncio do novo arcebispo Dom Jaime, também fomos agraciados com o "sim" de 8 novos padres a serviço da nossa Igreja. Neste ano houve perdas muito significativas para a sociedade, tal como, Nelson Mandela, um exemplo de perdoar o próximo. O ano ainda não findou e já estamos preparando-nos para acontecimentos futuros em 2014 como, a chegada do Vigário Padre Diego Jobim em nossa paróquia, a Copa, entre outros.

 

Nessa época que finda o ano se faz muito presente em nossos pensamentos o tempo, seja ele longo ou curto, depende da definição e rotina de cada indivíduo. O tempo é algo que está presente no nosso dia-a-dia e parece tão próximo, porém às vezes tão distante. Podemos dizer que não temos o tempo, apenas que ele nos possui. Com isso surge a necessidade de melhor usa-lo. Sendo assim, todo final de ano surge a renovação desta necessidade, juntamente com todas as possibilidades do novo, alimentando a esperança e vislumbrando os horizontes. Através da força da fé percebemos o quanto essas possibilidades alimentam nossos sonhos! Afinal, somos seres humanos, criados a grandiosidade do criador, únicos, amados e especiais. Cada instante que nos é concedido no tempo, é precioso, tem sabor de eternidade! Desse modo, podemos compreender e assumir nossa vida como tarefa a ser atuada no tempo, como ofício de gratidão.

 

Nosso Arcebispo, Dom Jaime, afirma que: É possível assumir a realidade do tempo como pesadelo ou como plenitude de possibilidades, pois existe o abismo do tempo e a convocação à felicidade, à realização, à salvação, à bem-aventurança! O novo acontece sempre quando já o buscávamos, o desejávamos, o sonhávamos. Por isso, quando, nestes dias de Ano Novo desejamos às pessoas que vamos encontrando 'feliz Ano Novo' na verdade almejamos o novo, para nós e para os demais; almejamos que este seja conservado para sempre, de modo que o experimentado no tempo tenha 'sabor de eternidade' e que diminua sempre mais a distância entre o céu e a terra, o humano e o divino.

 

Com isso, podemos notar a importância da unidade, afinal somos filhos de Deus, e juntos buscamos trilhar o mesmo caminho. Uma caminhada é feita por passos, cada um contribui com o seu, mas o caminho é firme e forte: é Cristo. Desejamos a todos que possamos continuar trilhar este caminho em 2014, que o Bom Deus conceda muita paz e bênçãos.

 

Feliz Ano Novo!

 

{filmgallery=images/fotos/140102_acao,800,600,right}

BENFEITORES

dr ricardo jimenez escorcia